O uso prático das runas – Palestra em Paranapiacaba

 

Gratidão a todos que prestigiaram minha palestra na nona convenção de bruxas e magos em Paranapiacaba e também aqueles que passaram pelo stand só para me conhecer e/ou me dar um abraço. Sem dúvida vocês fizeram a diferença durante todo o evento.
Grata a Casa de Bruxa pela oportunidade de compartilhar meu conhecimento com todos, espero estar com vocês em breve.

E para quem perdeu, aqui vai um resumo do que rolou na palestra…

O uso prático das runas

As Runas são signos alfabéticos de uma escrita de origem remota, existem vestígios de desenhos desde o período neolítico. Sabe-se que foram utilizadas pelos velhos povos europeus (celtas, germanos, escandinavos, vikings, saxões).
As origens da palavra runa podem ser encontradas no antigo nórdico run, no neo-islandês runar ou no alemão arcaico runa. Tais palavras, por sua vez derivam da palavra raiz indo – européia ru, que podem significar “mistério” e/ou “segredo” e do alto alemão arcaico runer, geralmente traduzido como confidência/sussurro.
Cada runa está ligada a uma ideia, um sentimento, um momento, etc, e estão ligadas a deidades da mitologia nórdica. Cada símbolo emana uma energia especifica quando utilizado.
Eram usadas na demarcação de túmulos, inscrições sobre pedras, armas (espadas e escudos), na entrada das casas, na poesia, etc. Compuseram linguagem escrita, possuindo cada uma delas um som e significado próprios. Porém sem nunca terem evoluído para linguagem falada. E devido ao seu grande poder tornaram-se também um oráculo.
Mas as runas NÃO são simplesmente um oráculo, elas podem e devem ser usadas no dia a dia. São símbolos de proteção em primeiro lugar. Você pode usa-las em pingentes, desenhos, e na magia de uma forma geral. Riscadas em velas ou dentro de círculos mágicos ou ainda potencializando magias e rituais para amor, saúde, prosperidade, entre outros. Em casa, em quadros e espelhos para atrair e afastar determinadas energias.Também auxiliam no reequilíbrio energético, espiritual e emocional.

Uma receita para reequilibrio energético com o auxílio das runas…

Pão de Eixo

Ingredientes:
4 tabletes de fermento biológico fresco
2 copos tipo americano de leite
2 ovos grandes
Farinha de trigo até dar o ponto (mais ou menos umas 700g)
1 colher rasa de sobremesa de sal ou açúcar ou mel

Modo de preparo:
Colocar todos os liquidos, dissolver o fermento e mexer até ficar homogêneo. Acrescente o sal para a receita salgada ou o açúcar ou mel para a receita doce. Vá acrescentando a farinha aos poucos e sovando a massa.
Se deseja centralização e reequilíbrio trabalhe a massa sovando de fora para o centro e mentalize runas de equilibrio e foco.
Exemplo: Nauthiz Tiwas Isa …
Se deseja trabalhar expansão trabalhe a massa sovando do centro para fora e mentalize runas de expansão.
Exemplo: Sowelo Dagaz Wunjo …
Asse em forno médio até dourar.
Você também pode desenhar a runa no pão quanto terminar de sovar.
Se puder antes de começar acenda uma vela e um incenso na cozinha.

Anúncios

4 comentários sobre “O uso prático das runas – Palestra em Paranapiacaba

  1. João Batista

    Poxa, que pena. Só conheci esse seu espaço hoje, moro em Mauá, que é muito perto de Paranapiacaba… Parabéns pelo trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s