Sobre a 1°Conferência Brasileira de Runas

18527848_1345153402242919_2035914649058860177_nNo último dia 13 de Maio, tivemos um encontro incrível na cidade de Ribeirão Pires/SP. Sob um lindo dia de Sol e céu azul aconteceu a 1° Conferência Brasileira de Runas.

Foram 9 meses de planejamento e com alegria posso dizer que este primeiro encontro foi um sucesso. Tivemos vários nomes do paganismo brasileiro compartilhando conhecimento. Iniciamos com um belo coffe break e em seguida  Francine Dershner dando uma aula de história sobre as runas e os povos do norte, desfazendo alguns enganos e trazendo luz a diversas questões. Bandrui e Liz Elhaz fizeram uma linda abertura com um cântico anglo saxão ao som do tambor. Em seguida Liz falou sobre a magia das runas dentro do seu trabalho com a cosmetologia, abordando encantamentos e terapias. Robson Madredeus falou sobre as runas como chave da consciência, tema importantíssimo para um melhor desempenho das runas usadas na magia e em terapias de reequilíbrio energético.  Complementando esse tema Allan Marante falou sobre O poder da palavra e do som no uso das rúnar e nos ensinou a forma correta de fazer uso dessa ferramenta.

Bandrui nos trouxe como assunto em sua palestra o Seidr, “forma de magia que sabemos ter existido dentro do contexto religioso das culturas nórdicas” em suas palavras, nos contando várias experiências pessoais, e também esclarecendo que Seidr não é sinônimo de Asatru, Vanatru ou Odinismo (algo que concordo totalmente). Mauricio Ferreiraa abrilhantou nosso evento trazendo não uma palestra, mas uma vivência com as runas, fazendo uma leitura coletiva entre todos os convidados, trazendo mensagens importantes do subconsciente coletivo e claro dos deuses das runas.

Wagner Perico falou sobre sua tradição, a wanen. A wanen tem como culto principal a deusa Freyja, também conhecida como Mardoll, porém nosso palestrante deixou claro que isso não significa que eles não gostem de Odin, apenas que Ele não está em seu culto principal. Sobre as runas ele esclareceu que não acreditam, não fazem a leitura invertida das runas e também não usam a runa branca (eu também não uso inversão e a runa branca).

E para fechar tivemos a ilustre presença de Andreas Axikerzus Sahjaza (Lord A) falando sobre seus estudos de Johanes Bureus e as Nobres Runas e também algumas práticas do Círculo Strigoi uma discreta sociedade fundada por ele para o estudo e a prática da Cosmovisão Vampyrica, herdeira do legado Sahjaza iniciado nos anos 70 nos EUA e em seguida o encerramento com os exercícios de STADHAGALDR para harmonização de todos.

Além de palestras tivemos uma feira pagã com excelentes produtos ligados às runas e as práticas pagãs, bem como acessórios e cosméticos, entre outros. Em nossa praça de alimentação delicioso hot dog e risoto, cerveja artesanal e hidromel, que claro não poderia faltar.

Foi um bom dia, de clima amigável e agradável, em um local abençoado pelos deuses no meio da natureza.  Houve troca de conhecimento e interação entre todos, e boa comida, boa bebida, leitura das runas, e claro muita alegria.

Foi um dia incrível, onde tenho certeza, que os deuses das runas sentiram-se honrados e felizes.

Para entender mais sobre o evento e de como surgiu tudo isso sugiro a matéria da querida Sônia Apolinário (curta a página dela):

 https://soniapolinario.wixsite.com/sonia/single-post/2017/05/12/Confer%C3%AAncia-sobre-runas-leva-m%C3%ADsticos-bruxas-e-magos-%C3%A0-cidade-paulista

Para ver fotos:  https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1346280452130214.1073741834.1088799307878331&type=1&l=acf9857add

Para acompanhar as novidades:

Facebook: https://www.facebook.com/conferenciabrasileiraderunas/

Instagram: https://www.instagram.com/conferenciaderunas/

Twiiter: https://twitter.com/cb_runas

Informações, sugestões e criticas entre em contato pelo e-mail: conferenciaderunas@gmail.com

E fique ligado que a segunda edição já tem data para acontecer! Será em 23 e 24 de Junho de 2018.

Te vejo por lá!

Ligia Raido

Anúncios

Sobre iniciações…

Um excelente texto que fala sobre Iniciação. Divirtam-se!

A Magia de Ser Feliz

A Iniciação não se defini por um ritual executado no plano material, após o qual o iniciando atinge automática e definitivamente um certo grau de desenvolvimento espiritual, ou mágico, ou um conhecimento transcendental.

Iniciação é um rito que transcorre durante um longo período de tempo, dependendo, está claro, dos esforços individuais do aspirante. Iniciação, não é, portanto, uma mudança adquirida num estalar de dedos, ou por um gesto da baqueta mágica.

Muitas vezes a pessoa envolvida pode, certamente, através de esforços diários adquirir poderes mágicos, ou conhecimentos transcendentais; mas isto deve significar que ela adquiriu desenvolvimento espiritual (moral). Não podemos ao meu ver ser poderosos magistas sem sequer alçar um milímetro de avanço na escalada da espiritualidade. Uma coisa importa a outra.

O que é exatamente Iniciação?
A raiz da palavra (do Latim Initio, – as, -are == Iniciar começar). No Dicionário Escolar Latino/Português – pág. 501 Initio, initiare – 1)…

Ver o post original 665 mais palavras